segunda-feira, 31 de março de 2014

No mundo da Literatura Infantil #2: "A Bruxa Mimi"

Publicada por Karna Feminino à(s) 14:26 1 comentários
A coleção da bruxa Mimi é uma das minhas favoritas, da autoria de Korky Paul e Valerie Thomas. Trata assuntos de uma forma muito cómica e leve e pode dar origem a muitas atividades e/ou projetos. As ilustrações são uma delícia, muito ricas em pormenores que dão dicas acerca da história e, por isso mesmo, podem e devem ser exploradas da forma mais exaustiva possível. O original, "A Bruxa Mimi", por exemplo, pode servir para falar sobre as cores, as divisões da casa, ou até mesmo acerca do respeito que devemos ter pelos nossos amigos.
Editora: Gradiva Júnior
Preço: 11,81€


Já por exemplo "A Bruxa Mimi no Inverno" pode servir para abordar as quatro estações. Uma boa ideia é a de fazer um círculo "gigante" em papel de cenário, dividindo-o em quatro partes iguais. Cada uma das partes é para uma estação do ano e aqui dentro vão constar os aspetos que as crianças relacionem como sendo próprio para cada estação. Este registo tanto pode ser feito com desenhos, recortes e colagens como com palavras, no caso dos grupos que já sabem escrever ou com recurso aos ficheiros de palavras, podendo o título ser ou não escrito pela educadora, conforme o caso. O importante é que antes desse registo seja primeiro planeado com o grupo o que vai ser colocado em cada quarto de círculo, podendo até as palavras e/ou ilustrações serem feitas à parte e coladas depois. É também importante que o trabalho seja organizado e divido pelos participantes, preferencialmente deixando o grupo (tentar) ser autónomo nesta distribuição de trabalho.


Existem outros livros desta coleção, não menos interessantes do que estes, mas vou deixar para outra publicação.

Boas leituras!

Artcrafts #1: Scarpbook & Journals

Publicada por Karna Feminino à(s) 10:51 0 comentários
Ando com saudades de artcrafts. Nunca gostei muito de disciplinas que estivessem relacionadas com artes plásticas e o sentimento era recíproco: elas também não gostavam de mim. Aliás, eu até constatei que tenho um dom: consigo desenhar exatamente aquilo em que não estou a pensar. Se eu pensar que vou desenhar uma coisa, é certo e sabido que vou desenhar outra coisa qualquer. Para se ter uma noção, um dia ia desenhar um sapo e saiu-me uma aranha. 
Mas gostava bastante dos resultados que de lá saiam e ficava a babar e a pensar:
- Porque é que eu nunca consigo fazer coisinhas giras como estas?
Até que um dia a minha mãe resolveu tratar do assunto e inscrever-me numas aulas de artes decorativas. Apesar de inicialmente estar extremamente constrangida, confesso que gostei. E aos poucos comecei a adorar e a interessar-me por outras áreas, a pesquisar, a ver tutoriais...
Uma das áreas que mais me interessa e que gosto mais de fazer é scrapbooking e art journaling, apesar de ainda não ter conseguido fazer nenhum tão giro como os que tenho visto na Internet. Mas dizem que é a prática que consegue à perfeição, por isso vou continuar a tentar.
Entretanto deixo aqui algumas das minhas inspirações favoritas:
Publicado no fórum Craftster

Boas artes criativas!

domingo, 30 de março de 2014

Dieta

Publicada por Karna Feminino à(s) 19:30 1 comentários
Tenho tudo para começar uma dieta.
Só me falta mesmo é a motivação.
E largar o pecado da gula...

Adoção de Gatos: bebés ou adultos?

Publicada por Karna Feminino à(s) 10:30 0 comentários
Tal como já disse numa publicação anterior, tenho duas gatinhas. O que eu não disse foi que foram as duas adotadas, não são de nenhuma raça XPTO (ou pronto são da raça Europeu-Comum) e já têm as duas dois anos, fazem três em 2014. 
Antes de as adotar pesquisei muito, não só acerca de quais os cuidados a ter com um gato, mas também sobre as "ofertas" que havia. Inicialmente pensei em adotar diretamente numa instituição de apoio a animais abandonados, mas vieram as duas de apelos de senhoras que precisavam de dar os gatinhos (filhotes das suas gatas) urgentemente, porque não tinham como ficar com eles. E verdade seja dita, era mesmo essa realidade. 
Também primeiro, preferíamos todos gatinhos brancos e pretos, com um bigodinho preto por cima da boca, mas depois deixamo-nos disso e guiamo-nos pelo coração. Posso dizer ainda que a cor da pelagem das duas é do tipo vulgarmente chamado "tartaruga", uma normal e uma preta.
Adiante, o que eu quero dizer é que, durante o processo de adoção, para mim houve sempre um ponto assente: tinham de ser bebés. Queria bebés porque achava que, além de serem naturalmente muito fofinhos, era uma aposta "mais segura" porque assim adaptavam-se a nós desde pequenos. E isso aconteceu mesmo.
Contudo, conheci depois uma colega que me disse que o melhor, para não se apanhar surpresas, é adotar um gato já adulto, porque isso sim era uma aposta "segura": aquilo que se via era aquilo que se levava. Não tenho uma experiência contrária, até porque sou da opinião que as minhas gatas se têm mantido coerentes ao longo do seu crescimento. Será que é verdade? Alguém tem uma experiência diferente da minha? 

sábado, 29 de março de 2014

Quero!

Publicada por Karna Feminino à(s) 21:50 4 comentários
Hoje  sinto-me uma criança. Deu-me a "panca" do quero.
Quero acabar a tese.
Quero que o meu estágio profissional seja aprovado.
Quero fazer dieta e conseguir mesmo perder peso e sentir-me bem.
Quero ter a minha casa.
Quero viajar, quero ter umas boas férias fora.
Quero ir ao carnaval do Brasil.
Quero ser pedida em casamento.
Quero casar.
Quero ter um bebé. Quero sentir o bebé na minha barriga. Quero sentir o bebé a respirar em cima de mim.
Quero um cão.
Quero um guarda roupa novo. Quero ir às compras.
Quero andar sempre bem vestida e arranjada.
Quero ir todas as semanas ao cabeleireiro.
Quero ganhar dinheiro.
Quero fazer uma tatuagem. Ou duas.
Quero fazer um novo piercing.
Quero pintar as unhas e que elas não se estraguem.
Quero experimentar fazer unhas de gel.
Quero um Fiat 500.
Quero um smartphone. Um daqueles muito bons.
Quero jantar fora.
Quero enfardar numa mesa de queijos e chocolates.
Quero ajudar os outros que estão à minha volta.
Quero ser uma melhor pessoa.
Quero não ter de aturar as pessoas que me chateiam.
Quero passear.
Quero poder comer o que me apetecer e não me engordar.
Quero ficar bem em todas as fotografias.
Quero ser surpreendida.
Quero ser e sentir-me feliz.


Karma na cozinha #1

Publicada por Karna Feminino à(s) 20:30 0 comentários
Na minha casa sempre tive comida caseira muito boa e sempre dei umas ajudas, mas nunca me interessei muito pela cozinha, sempre deixei o gosto e as pesquisas para a minha mãe. Mas quando me vi sozinha numa casa, com a minha mãe a muitos, mas mesmo muitos, Km de distância, é que me passei a interessar, tinha saudades de comidinha boa e comecei a fartar-me dos take away e dos congelados. Ficou sempre este gostinho, mas acabou por adormecer novamente com a falta de prática associada ao meu regresso a casa.
Há pouco tempo voltei a ter oportunidade de cozinhar e então voltei a entusiasmar-me com as receitinhas, tornando-se um dos meus mais recentes gostos. Ainda não tenho habilidade suficiente para criar receitas, mas vou publicando receitas feitas e o que fiz de diferente.


Hoje partilho uma receitinha feita cá em casa, Frango com Tortellini, que pode ser encontrada aqui . É o ideal para um jantar/almoço rápido, fácil e barato e a única coisa que cá em casa se fez diferente foi acrescentar o mangericão logo com a mistura do vinagre com o mel, mas quando envolvemos com as massas voltamos a acrescentar mais um pouco. Esta receita está aprovada!

Bom apetite!

sexta-feira, 28 de março de 2014

Pãezinhos de queijo

Publicada por Karna Feminino à(s) 18:23 1 comentários
Pãezinhos de queijo, mais parecidos com bolinhas de queijo, dadas as dimensões.
Acabadinhos de sair do forno. E, modéstia à parte, muito bons.
Há mais alguém tão fanático por pãezinhos de queijo como eu?

Eu e a minha orientadora

Publicada por Karna Feminino à(s) 13:54 0 comentários
Juro, mas juro mesmo, que sempre que tenho de me encontrar com a minha orientadora me sinto como o Mike Wazowski versus Diretora Hardscrabble.
A sério. É assustador.

"Ele nem está a aprender nada"

Publicada por Karna Feminino à(s) 11:02 0 comentários
No outro dia, a caminho da antestreia do Capitão América, estava a falar com o meu querido namorado acerca de ter tempo e de se dar uma "folguinha" aos filhos quando se está em casa, quando ele se sai com esta:

- Pois, eu se estivesse em casa também ia buscar o meu filho. Ainda por cima na creche ele nem está a aprender nada.

WHAT?!?!?!

Eu, nada dramática e também nada exagerada, fui a marterizá-lo o resto do caminho (sorte a dele, porque já íamos a mais de metade).

- Pois é, na creche não se faz nada. Somos uma cambada de otárias que andamos para ali, a mudar fraldas e a tomar conta dos meninos. Tomar conta, quer dizer, a conversar enquanto eles se matam uns aos outros ali para o canto. No pré-escolar é a mesma coisa. Sim, porque as crianças só começam a aprender qualquer coisinha quando chegam ao 1.º Ciclo. E, e... É mesmo só uma coisinha de nada, até porque aprender a ler e a escrever é facílimo, os miúdos já nascem a saber e tudo, o código escrito é super lógico para eles.

Então não se faz nada na creche?!?! Então para que é que as educadoras de infância têm, pelo menos, 4 anos de formação superior? Para nada, queres ver?!
Aqui estou a usar o meu namorado como "bode expiatório", mas o que é verdade é que a maior parte das pessoas pensa isso, que nas valências de creche e pré-escolar não se faz nada, que nós, educadoras de infância, somos pagas para prestar cuidados. E também somos, verdade, mas é muito mais que isto.
Até porque a autonomia dos meninos, em termos de motricidade, de idas à casa de banho, de postura a comer, adquire-se por milagre, porque é assim.
Também a forma de se agarrar nos instrumentos de escrita, tesouras, cola, etc., também eles aprendem só por acaso.
Ah e as regras e formas de socialização, aquelas que até dão tanto jeito em casa, também é tudo porque nascem assim.
Obviamente que com tudo isto, não estou a dizer que os pais não fazem nada, até porque fazem parte do ambiente mais importante para as crianças, nem estou a dizer que todas as educadoras são muito boas, nem que as crianças só aprendem isto porque estão a frequentar a creche/pré-escolar. Mas o que é facto é que, na nossa intervenção pedagógica diária, temos uma intenção, temos um objetivo, que não é aleatório e que ajuda no desenvolvimento das crianças.
Mas acho que vou passar a adotar o conselho de uma professora minha, que dizia:
- Opa, deixem-nos dizer que somos pagas para brincar com eles. Em parte até é verdade. O que interessa é aquilo que fazemos e sabemos que estamos a fazer com eles. O resto é conversa.


quinta-feira, 27 de março de 2014

Unhas #1

Publicada por Karna Feminino à(s) 14:42 1 comentários
Tal  como a maioria das mulheres, gosto de ter as unhas pintadas. Esta é a cor bem primaveril que estou a usar esta semana, apesar de os dias andarem mais para o lado do inverno.




Mas o que me dá um certo gozo é pintá-las, fazer desenhos, criar efeitos. Não posso dizer que detesto que serviços de manicura, também gosto, como qualquer outra pessoa, de ser tratada sem haver o mínimo esforço da minha parte. Mas, por norma, sou eu que as pinto e que cuido delas. 
Passo horas em pesquisas no google, no YouTube e no Pinterest (do qual sou frequentadora fanática) a ver tutoriais de designs de unhas, uns mais fáceis, outros nem por isso. No entanto, e com muita pena minha, não consigo fazer determinados desenhos nas minhas próprias unhas, porque infelizmente nunca me lembrei de treinar a minha mão esquerda enquanto era pequena.
Mas, felizmente, tenho outros elementos femininos cá em casa que me deixam praticar as técnicas que estudo. A minha última pintura com desenhos foi no tema do dia dos namorados, muito mas mesmo muito fácil. Vi no passo-a-passo que deixo em baixo.


Vejam só no que resultou, acho que ficaram bem engraçadinhas:


Não há desculpas para quem não tem os instrumentos de fazer as bolinhas. Dá para adaptar qualquer utensílio , desde cabos de pincéis com diferentes grossuras, usar as pontas dos palitos para bolinhas mais finas e parti-los ao meio para se obter outra dimensão de pontinhas, etc..  
Deixem as vossas opiniões nos comentários em baixo!
Boas pinturas!

Cinema #2: "Capitão América: o Soldado do Inverno"

Publicada por Karna Feminino à(s) 10:59 2 comentários
Como o prometido é devido, cá fica uma publicação acerca do filme que fui ver ontem.
Para quem ainda não segue e/ou não visitou ainda a página do Karma Feminino no Facebook, ontem fui ver a antestreia do filme "Capitão América: o Soldado do Inverno", que, a partir de hoje, já pode ser visto nos cinemas.
O que tenho a dizer sobre o filme? Foi giro, não sou fanática  por este género de filmes, mas gostei de ir ver, foram duas horinhas bem passadas. Quem gosta de filmes acerca de super-heróis e da Marvel, vai gostar certamente.
E sobre o que é que fala? Bom, na verdade é mais uma aventura do Capitão América, envolvido na grande organização da S.H.I.E.L.D., com conspirações contra a segurança mundial, não é bem uma continuação do primeiro filme sobre a mesma personagem, mas tem ligação com o que se passou anteriormente. Gostei, foi um bom filme e aconselho, mas pessoalmente o primeiro pareceu-me mais interessante, talvez pelo facto de mostrar um lado mais humano do nosso amigo Steve Rogers.
Para aguçar a curiosidade, deixo aqui umas imagens:
(aqui)
(aqui)
(aqui)

Bom filme!

quarta-feira, 26 de março de 2014

Cinema #1: "A Menina que Roubava Livros"

Publicada por Karna Feminino à(s) 15:50 0 comentários
Numa passada sexta-feira de janeiro (já andava eu a escrever publicações para o meu tanto aguardado blog, mesmo sem ainda o ter), eu e o meu mais que tudo aproveitamos para ir ao cinema através de uma daquelas maravilhosas parcerias , mais concretamente entre a Zon Lusomundo e a Galp (600 pts + 1 euro = 1 bilhete). 
Desta vez foi a vez dele de escolher sozinho o filme, para que ele sentisse a pressão de poder fazer uma má escolha (muahahaha!!), mas teve tanta sorte (ou não) que vimos um filme muito bom, na minha opinião. Assistimos ao "A menina que roubava livros" e devo dizer que aconselho totalmente, vale a pena, mesmo que seja a pagar o valor total dos bilhetes.
Esta é uma história que fala sobre uma menina que foi adotada, aos 12 anos, por um casal alemão no início da II Guerra Mundial e toda a história se passou nesta época. Dois grandes pontos positivos: a caracterização da morte está belíssima, mesmo sem aparecer, e a boa performance de Geoffrey Rush. Conta-nos as aventuras e desventuras de alguém que viveu na Alemanha durante esse período enquanto cidadão comum alemão, para não pormos os alemães todos no mesmo saco do Hitler. Volto a repetir: ADOREI! 
E mais não digo para não ser uma spoiler. No entanto, deixo aqui algumas imagens para espicaçar a curiosidade:

(imagens retiradas daqui)
Bom cinema!

Livro do momento #1: "A Cabana dos Peixes que Voam"

Publicada por Karna Feminino à(s) 09:54 0 comentários
"A Cabana dos Peixes que Voam", de Chiew-Siah Tei, foi o primeiro livro do momento aqui dos Karmas. Se querem uma justificação, eu dou-vos a mais honesta que posso: calhou. Fui à biblioteca aqui da terra porque me pareceu muito interessante, uma coincidência com o facto de estar a "abrir" este blog. Coisas da vida.
Editora: Europa-América
Preço: 20,09€

E o que tenho eu a dizer sobre este livro? Bom, a minha impressão não estava errada. Foi mesmo muito interessante. Adorei ler sobre uma cultura tão diferente da nossa como a China, ainda mais no início do século passado. A estranheza desta gente em relação ao livre-arbítrio, as tradições (tão tradicionais que até metem dó), o respeito pelas gerações, a imposição da vontade de alguém mais velho, que tem de se respeitar de que jeito for. As descrições dos cenários, do ambiente e dos sentimentos das personagens fizeram-me mesmo sentir que estava a participar na história, tanto que todos os dias à noite, antes de ler, pensava "Lá vou eu para a Aldeia das Ameixeiras em Flor".
Em parte, mas só mesmo numa pequena parte, revi-me no Chai Mingzhi. 
Muito bom, está também aprovado!
Boas leituras!

No mundo da Literatura Infantil #1: "A tartaruga que queria dormir"

Publicada por Karna Feminino à(s) 08:35 0 comentários
Já tinha falado aqui antes da minha paixoneta com livros para crianças e hoje faço aqui a minha primeira sugestão, o livro "A tartaruga que queria dormir", cujo autor é Roberto Aliaga, a ilustradora é Alessandra Cimatoribus e foi editado pela OQO Editora.
(Preço: 12,90 euros)


Confesso que, a uma primeira vista, esta não seria uma capa que me chamaria muito à atenção, mas fico feliz por ter escolhido esta história devido às suas várias potencialidades. Esta tartaruga, por ter chegado o inverno, quer dormir, mas tem uns amiguinhos que lhe vão batendo à porta com a melhor das intenções e não a deixam descansar.
Em primeiro lugar, as ilustrações são simples, mas expressivas, e permitem que rapidamente as crianças consigam apreender cada uma das cenas mostradas.
Em segundo lugar, tem várias partes em que se repete, exatamente com as mesmas palavras, o que convida não só a crianças mais pequenas, como também a que todos participem, como por exemplo, na fala da tartaruga, quando se pergunta quem será que está a bater à porta àquelas horas, ou mesmo no seu ritual de entrar na cama.
Em terceiro e último lugar, a narrativa tem vários projetos que se podem desenvolver a partir daqui ou até mesmo pode ser um livro de consulta para temas como a hibernação, os diversos animais de que aqui se fala e quais hibernam, as estações do ano ou as rotinas (associadas ao momento de ir dormir).
Claro que estes projetos podem estar associados à chegada do inverno, à sala adotar uma tartaruguinhas e/ou outro animal que hiberne, à adoção de uma nova estratégia para a transição da hora de descanso, entre outros.
Este é um livro que está aprovado! ;)
Conhece mais alguns livros que vão ao encontro destes temas? Ou gostaria de partilhar algum conjunto de atividades que fez com esta narrativa? Não hesite e partilhe aqui neste espaço ou para o meu email.

Boas leituras!

terça-feira, 25 de março de 2014

Objetivo cumprido

Publicada por Karna Feminino à(s) 22:22 0 comentários

Hoje não consegui vir atualizar aqui o meu cantinho, tinha tanta coisa para dizer...
Mas deixo para amanhã.

Hoje foi dia de cumprir o meu objetivo: a minha tese está pronta para entregar à prof. orientadora, em papel, para uma última revisão antes da entrega oficial.
Nem me consigo conter de tanta alegria!

Está quase :)

segunda-feira, 24 de março de 2014

Karmas!

Publicada por Karna Feminino à(s) 23:24 0 comentários
Ó meu Deus... Por favor, livrai-me destes Karmas.
Tenho o objetivo pessoal de entregar a minha tese em versão escrita, para a última revisão da prof. orientadora, na quinta-feira.
Ontem tinha tudo junto, já formatado.
Hoje tenho um email do prof. coorientador com normas de formatação. Toca a formatar tudo.
Depois tinha um email da prof. orientadora com imensas (imensas mesmo!) críticas e comentários aos últimos capítulos. Toca de reescrever cerca de 50 páginas.
Depois manda outro email para assinalar tudo o que modifiquei a oura cor. Toca de usar a ferramenta do Word para comparar versões do mesmo ficheiro e assinalar tudo a laranja, qualquer coisa como 95 páginas...
Ainda me faltar ler as 105 páginas de rajada, mas de forma atenta, até amanhã à noite. Toca de ler tudo e assinalar possíveis alterações.
Para colmatar, o outro carro cá de casa falhou a bateria. Toca de me preparar para sair, sem na verdade ter de sair.
Enfim, é o meu Karma!
É tudo pelo caminho mais difícil!

Dia de... Tese!!

Publicada por Karna Feminino à(s) 10:31 0 comentários
Bom, hoje é dia de me dedicar a sério à minha Tese.
Estou mesmo, mesmo, mesmo na fase final... Quase, quase a entregar...
Mas confesso que estou com falta de energia e apetecia-me fazer outras coisas...
Mas... "Vamo s'imbora!"
(Imagem retirada daqui)

Boa segunda-feira! <3

domingo, 23 de março de 2014

Livros Infantis

Publicada por Karna Feminino à(s) 22:38 0 comentários
Este é, na verdade, um dos meus pontos fracos e quase que se torna uma coleção: os livros infantis. Confesso que desde sempre adorei adorei ler e sempre tive uma sede de fazê-lo mais, e mais, e outra vez. Mas sempre tive a noção que que nutria um carinho muito especial pelos livros dos mais pequeninos. A partir do momento em que decidi juntar-me profissionalmente aos milhões de educadores de infância e professores de 1º CEB desempregados e/ou a esganarem-se por um emprego e/ou a matarem-se a trabalhar por meia duzia de tostões, tornei oficial esta minha paixoneta. Para a aumentar e estimular, durante a licenciatura frequentei todas as Unidades Curriculares relacionadas com esta área e posso dizer que fiquei ainda mais extasiada por este pequeno mundo. Uma maravilha! Claro que, dada a crise, a minha biblioteca pessoal ainda está muito pobrezinha (apesar do meu namorado insistir que tem já umas dimensões consideráveis). Para colmatar, vou regularmente à biblioteca mais próxima da minha casa, que até tem um piso dedicado unica e exclusivamente à parte infantil. Cada vez que lá entro oiço dentro da minha cabeça um "Aaaaahhhhhh" angelical, daqueles como se ouve nos filmes.
Cada vez que lá vou trago entre 4 a 5 livros (que é o máximo permitido) para ler e pensar um bocadinho acerca do que poderia fazer com ele em contexto de sala ou até mesmo como prestador de cuidados (mãe, irmã, prima, tia, avó, etc.). Deste modo, vou passar a criar aqui um espacinho no blog para partilhar estas minhas descobertas na literatura infantil e falar sobre alguns temas, projetos e atividades que pudessem vir a propósito.
Boas leituras!

sábado, 22 de março de 2014

Saturday Night Fever

Publicada por Karna Feminino à(s) 22:40 1 comentários

Muita gente da minha faixa etária aproveita o sábado à noite para sair.
Mas confesso que esse não é o meu programa favorito para todos os fins de semana.
Eu sou mais do estilo....

Family games!!

Nem sempe envolve toda a família, aliás a maior parte das vezes sou só eu, o namorado e o mano.
E hoje foi noite de...

Carcassonne: Caçadores e Recoletores

No mínimo, um jogo viciante. Não aconselho a quem não queira ficar agarradinho.

Bom fim de semana!!

As maravilhas do Ebay

Publicada por Karna Feminino à(s) 19:59 0 comentários

Eu, pessoa jovem e que já não era capaz de viver sem tecnologias, confesso que até começar a conviver com o meu namorado, não conhecia o Ebay. Claro que já tinha ouvido e lido sobre esta megastore online, mas não me atraia muito, até porque não queria adicionar o meu cartão de crédito à minha conta (receio dos assaltos online) e, como ninguém que eu conhecesse usava esta forma de comprar pela internet, também tinha medo de ser aldrabada nas encomendas.
Mas com as constantes insistências do meu namorado acabei por não resistir, com frases como:
- Dá uma vista de olhos no Ebay.
- Isso no Ebay de certeza que te fica muito mais barato.
- Não encontras? Porque não procuras no Ebay?
- Eu mandei vir um igual do Ebay e saiu-me a metade do preço e ainda com portes grátis!

E quando efetivamente comecei a procurar no Ebay... Aquilo é um mundo! E com preços baixos!!!
Para resolver a questão do cartão de crédito, registei-me no MBNET e no PayPal. Sempre que quero fazer uma compra, emito um cartão do MBNET, fico com os dados, associo-o ao Paypal e já está, prontinho a utilizar.Até para facilitar este processo, nesta primeira vez emiti logo um cartão temporário com um valor definido, não muito alto, para usar até gastar. Não tenham qualquer receio em usar estas formas de pagamento online porque são bem simples de utilizar, até eu que não sou nenhuma técnica de informática, nem nada que se pareça, consegui usar estes métodos e percebi bem como se usam.
Além disso, a política de utilização do Ebay tem imensos critérios que defendem o comprador, devemos sempre deixar um feedback no final da compra dizendo sinceramente como correu a compra e atribuindo uma nota à experiência. Inclusivamente a maior parte dos vendedores, quando a encomenda não chega ou quando a "coisa" corre mal, prefere devolver o dinheiro a ter algum feedback negativo. Por isso, raramente os compradores ficam a perder.
A única desvantagem: o imenso tempo que demora a chegar... Se for algo que precisamos em menos de um mês, então mais vale procurarmos por cá, porque estima-se sempre o prazo de entrega de entre 3 a 6 semanas.
Bom e para testar esta útil ferramenta fiz recentemente umas encomendas, não para mim, para para oferecer. Mas não posso especificar mais, porque não sei bem quem está de facto a ler este blog. Só posso dizer que estima-se que a partir da próxima semana já seja possível começar a chegar qualquer coisa... Entretanto vou atualizando acerca desta experiência de compra online.
Mas não penso só nos outros. Nem pensar! Também já ando de olho numas coisinhas para mim, como por exemplo...

E a lista é interminável... Tudo isto no imenso mundo do Ebay!
Boas compras!

PS.: Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre este assunto que gostasse de ver esclarecido, não hesite em contactar-me através do email indicado no perfil. Terei todo o gosto em ajudar!

Divulgação do Blog

Publicada por Karna Feminino à(s) 11:13 0 comentários
Caros iniciantes na Blogosfera,

Eu, tal como vocês, e apesar de já ter tido anteriormente outros blogs, também me estou a iniciar nestes mundos dos blogs e, pela primeira vez, sinto-me preparada para assumir um compromisso de escrita com este meu blog.
Salvo raras exceções, em que pretendem manter o conteúdo privado, nós quando escrevemos um blog é com a intenção de partilhar com todo o mundo (sim, todo o mundo mesmo!) aquilo que pensamos, sentimos, vivemos, experienciamos. Então qual é a piada se tivermos pouca "freguesia"? Também queremos opiniões, queremos apoio, queremos vida no blog, não é assim?
Com isto tudo, queria partilhar convosco, iniciantes na Blogosfera e outros que tais, o resultado da minha pesquisa no que concerne à divulgação de blogs. Ficam então aqui as três dicas que achei mais importantes.
Primeira dica: encontrei um diretório de blogs especialmente dedicado a blogs femininos, que se aplica no meu caso, onde podemos partilhar o nosso blog, para que conte, de acordo com os temas, neste diretório. Ora, e o que é que isso faz? Por exemplo, se um dos vossos temas for "culinária" e alguém clicar nesse tema é provável que o vosso blog apareça na pesquisa desse alguém.
Segunda dica: usem e abusem das redes sociais (Facebook, Twitter, Pinterest, outras que tais). É que parecendo que não, estas são redes sociais com um grande peso no nosso dia a dia e que são raras as pessoas que não os têm. Confesso-vos já que este vai ser o meu próximo passo.
Terceira dica: interajam com os autores de outros blogs. Comentem (de forma pertinente, claro! Nada de coisas como "Ok" ou "Parece-me bem"), porque isso dá-vos visibilidade. Há sempre alguém, além do próprio autor, que vai ver quem é que disse isto ou aquilo. Da mesma forma, publiquem no vosso blog uma lista dos outros blogs que mais gostam de ler que, além de ser um gesto bonito, pode também dar-vos publicidade recíproca (se é que me faço entender).

Querem ler mais dicas destas? Então vão aqui, que foi onde eu tirei estas ideias.

(imagem retirada daqui)

Boas publicações e divulgações!

sexta-feira, 21 de março de 2014

Sobre o meu pai

Publicada por Karna Feminino à(s) 22:13 0 comentários

Bom, ainda que atrasado, achei por bem fazer uma publicação acerca do dia do pai com um caráter mais pessoal, porque este também não me foi um dia indiferente. Também tenho um pai, a quem também dei, em conjunto com os meus irmãos, um presentinho e com quem jantei na passada quarta-feira.
O meu pai... Bem, não posso dizer que é um gajo que me enche de carinhos e me diz "querida filha", sem ser ironicamente, nem me pega ao colinho, até porque não sou muito mais pequena do que ele. Mas também não é um pai pouco afetuoso, dá-me sempre dois beijos bem repenicados quando chega a casa. É um pai assim-assim.
Também não é um gajo que me vem com discursos acerca do amor de pai e de filha, de ser a menina dos seus olhos. Não, até porque ele gosta mais de reproduzir discursos de partidos de esquerda e acerca dos sindicatos, imitações que, se não fossem estarem constantemente a ser feitas, até tinham alguma graça.
Também não é um gajo que eu possa dizer que me ensinou a andar de bicicleta, até porque ele não sabe, ou a andar de patins ou a jogar qualquer coisa. Não, mas ensinou-me que quando um miudo lá da praia, que me andava sempre a bater, me chateasse, lhe devia dar com uma barbatana em cheio nas trombas. E resultou.
O meu pai... É mais outro estilo. Uma vez vi um título que acho que o caracteriza: "As M*rdas que o Meu Pai Diz", mas no sentido de o meu pai ser um pai mais cómico e irónico, mas só para uma audiência restrita. Sim, porque se chegar alguém fora do núcleo familiar cá de casa, ninguém o ouve.
Mas quando estamos só nós... Fala por nós todos juntos. Parece uma galinha com gargalhadas histéricas.
O meu pai é mais do estilo de nos arranjar alcunhas a todos e de estar-nos a "picar" até ao limite. Mas atualmente, não sei se pelo avanço da idade, está a tornar-se o nosso alvo de chacota.
Aquela pronúncia marcada. O nariz e o cabelo grisalho iguais aos da mãe dele (uma das piores ofensas para ele). Aqueles lugares-comuns dele e as piadas sempre repetidas, que ele categoriza como clássicos. As piadas inventadas por ele. A sua capacidade para ver o lado cómico em todas as situações. Os esquecimentos e baralhações dele.
E depois tem outra coisa: o meu pai vive as nossas histórias como se fossem as dele. Mas vive mesmo. Se virmos alguém de quem ja contamos algumas histórias, ele chama por essa pessoa. Mesmo que não a conheça de lado nenhum.
O meu pai é mais desse estilo... É um pai gozão. Mas é o meu pai.

(imagem retirada de http://toonclips.com/design/5077)

Divagação televisiva

Publicada por Karna Feminino à(s) 21:57 0 comentários

Ora se toda a gente dentro de uma mesma casa, mais concretamente na minha, diz que nunca tem oportunidade para ver os seus programas de tv preferidos e que nunca ninguém tem em consideração o que ele/ela quer ver, para mim impõe-se a questão...

Afinal quem é que anda a dominar a televisão?!



Descobertas Femininas no Android

Publicada por Karna Feminino à(s) 10:47 0 comentários
Com o início do meu blog, defini logo que queria uma imagem original para o meu perfil. Não sabia muito bem como o fazer, pedi ajuda ao namorado, mas não consegui chegar a nenhum resultado.
Até que hoje decidi andar aqui a brincar no tablet e criei finalmente a minha imagem de perfil. Para ficar com o básico, a imagem de uma carinha, usei uma nova app Uface para mim, que está disponível para download gratuito. Ainda não explorei bem esta aplicação, mas, basicamente, permite criar uma cara, feminina ou masculina, e personaliza-la de acordo com os mais diversos elementos disponíveis, bem como dar cor e escolher a base em que pode estar assente o desenho.
Depois de o rosto estar pronto, com o fundo dos corações, recorri à app Photo Editor Pro, que já conhecia e está igualmente disponível para download gratuito. Nesta aplicação, apliquei as estrelinhas à volta da cara e apliquei as letras.

Ao final de 15 minutos, TCHARAN, ficou este resultado, que deu cara ao meu perfil.

quinta-feira, 20 de março de 2014

Primavera

Publicada por Karna Feminino à(s) 14:17 0 comentários
Diz que hoje é o dia em que chega a primavera e que termina o inverno (pelo menos em teoria)!
Mas além de hoje não estar um dia lá muito primaveril cá nas minhas bandas, também a finalização da minha tese de mestrado e as rotinas estabelecidas para esse fim não me permitem que hoje vá celebrar a chegada da primavera.
Mas quer ontem, quer a semana passada, arranjei um tempo para dar uns passeios aqui pelas redondezas, que, apesar das minhas constantes reclamações, têm sítios muito giros para se dar umas voltinhas sem se gastar mais do que combustível. Ora aqui ficam algumas amostras desses sítios, que já gritavam "PRIMAVERA" em tudo o que eram cantos. Palpites para a localização?
Sexta, 14 de março de 2014







Quarta-feira, 19 de março de 2014




Boa primavera!
 

Karma Feminino Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review